Clareamento com Whiteness HP Blue com cálcio em paciente com sensibilidade dentária

Autor: Dr. Ricardo Léllis Marçal (Especialista e mestre em Dentística Restauradora – CPO São Leopoldo Mandc- Campinas – SP, Professor de Dentística e clínica Integrada – Faculdade de Odontologia -UNIRG-TO Coordenador e professor dos cursos de especialização em Dentística ABO-TO (Palmas) e Atualização em Odontologia estética ABO-PA (Redenção) e CEOM (Gurupi-TO))

 

A paciente procurou para tratamento de clareamento em dentes polpados e relatou seu grande desejo em ter os dentes mais “brancos”, porém desanimada por sentir grande sensibilidade dentária, principalmente com variações de temperatura, e após procurar alguns profissionais que contra-indicaram este tratamento pela hipersensibilidade apresentada, resolveu procurar por alguma alternativa que conseguisse melhorar a “cor” de seus dentes e com isso melhorar sua autoestima.

Após uma anamnese detalhada onde se avaliaram condições sistêmicas, hábitos alimentares e de higiene, histórico de doenças e qualquer outra informação relevante para o tratamento em questão e para tratamentos futuros, realizou-se um exame clínico onde foram examinados dentes e tecidos moles, onde uma importância maior foi dada aos dentes, para verificar presença de trincas de esmalte, desgastes incisais, retrações gengivais, dentina exposta por lesões cervicais não cariosas e qualquer outro fator relacionado com hipersensibilidade dentária.

Foi indicado a realização de clareamento com peróxido de hidrogênio a 20% com cálcio em sua composição (Whiteness HP Blue – FGM). A escolha do produto foi determinada após a anamnese e exame clínico, onde foi preterida uma concentração mais baixa do peróxido e sem ativação por fonte luminosa devido à sensibilidade pré-existente, além da presença do cálcio que aumenta a microdureza inicial do esmalte após clareamento além de diminuir a sensibilidade pela liberação de cálcio e vedamento dos túbulos dentários.

Figura 1 - Foto inicial
Figura 1 – Foto inicial
Figura 2 - Fotografia inicial para um posterior acompanhamento do clareamento
Figura 2 – Fotografia inicial para um posterior acompanhamento do clareamento
Figura 3: Resina composta remanescente do uso de aparelho ortodôntico em alguns dentes pelo acabamento e polimento inadequado após sua remoção.Observa-se esse excesso no dente 11, que causava maior retenção de biofilme além de um discreto aumento do croma nesta região pela descoloração da resina
Figura 3: Resina composta remanescente do uso de aparelho ortodôntico em alguns dentes pelo acabamento e polimento inadequado após sua remoção. Observa-se esse excesso no dente 11, que causava maior retenção de biofilme, além de um discreto aumento do croma nesta região pela descoloração da resina
Figura 4: Seleção da cor inicial do dente
Figura 4: Seleção da cor inicial do dente
Figura 5: Na primeira sessão de clareamento, foi realizada uma profilaxia com pedra-pomes com água e taças de borracha, posteriormente os lábios da paciente foram lubrificados com creme hidratante, e um afastador labial com um retentor lingual e descanso de mordida foi colocado (ArcFlex - FGM) e uma barreira gengival foi aplicada nas regiões das papilas e contorno gengival dos dentes com o objetivo de impedir o contato do peróxido com os tecidos moles
Figura 5: Na primeira sessão de clareamento, foi realizada uma profilaxia com pedra-pomes com água e taças de borracha, posteriormente os lábios da paciente foram lubrificados com creme hidratante, e um afastador labial com um retentor lingual e descanso de mordida foi colocado (ArcFlex – FGM) e uma barreira gengival foi aplicada nas regiões das papilas e contorno gengival dos dentes visando impedir o contato do peróxido com os tecidos moles
Figura 6: A barreira gengival utilizada foi a Top Dam FGM nas cores branca (arcada superior) e azul (arcada inferior)
Figura 6: A barreira gengival utilizada foi a Top Dam FGM nas cores branca (arcada superior) e azul (arcada inferior)
Figura 7: Após a aplicação do Top Dam, o produto escolhido para o caso, Whiteness HP Blue
Figura 7: Após a aplicação do Top Dam, o produto escolhido para o caso, Whiteness HP Blue
Figura 8: O produto foi misturado através do sistema de auto ativação onde a seringa de peróxido é acoplada ao espessante e misturada até oito vezes para uma boa homogenização do produto e em seguida aplicado na vestibular dos dentes
Figura 8: O produto foi misturado através do sistema de autoativação onde a seringa de peróxido é acoplada ao espessante e misturada até oito vezes para uma boa homogenização do produto e em seguida aplicado na vestibular dos dentes
Figura 9: O produto é aplicado na face vestibular dos dentes anteriores e pré-molares (dentes visíveis no sorriso)
Figura 9: O produto é aplicado na face vestibular dos dentes anteriores e pré-molares (dentes visíveis no sorriso)
Figura 10: Ativação de bolhas a cada 5 a 10 minutos com o Cavibrush - FGM ou pincéis para eliminar eventuais bolhas de oxigênio geradas e obter um melhor contato do gel com os dentes, e deixado por 50 minutos para concentração de 20%
Figura 10: Ativação de bolhas a cada 5 a 10 minutos com o Cavibrush – FGM ou pincéis para eliminar eventuais bolhas de oxigênio geradas e obter um melhor contato do gel com os dentes, e deixado por 50 minutos para concentração de 20%
Figura 11: Após 50 minutos de contato do gel com os dentes, o clareador foi removido com sugadores, e um polimento com pasta de polimento diamantada (Diamond Excel FGM) e discos de feltro
Figura 11: Após 50 minutos de contato do gel com os dentes, o clareador foi removido com sugadores, e um polimento com pasta de polimento diamantada (Diamond Excel FGM) e discos de feltro
Figura 12: Aspecto do sorriso com resultado imediato após a primeira sessão
Figura 12: Aspecto do sorriso com resultado imediato após a primeira sessão
Figura 13: Na segunda sessão, como a paciente não relatou nenhuma sensibilidade, todo o procedimento foi realizado novamente, porém foi utilizado o Whiteness HP Blue a 35% com cálcio, com isso devido a uma maior concentração do peróxido o tempo de contato do gel com os dentes foi de 40 minutos
Figura 13: Na segunda sessão, como a paciente não relatou nenhuma sensibilidade, todo o procedimento foi realizado novamente, porém foi utilizado o Whiteness HP Blue a 35% com cálcio, com isso devido a uma maior concentração do peróxido o tempo de contato do gel com os dentes foi de 40 minutos
Figura 14: Ativação de bolhas de oxigênio utilizando Micro-brush (FGM)
Figura 14: Ativação de bolhas de oxigênio utilizando Micro-brush (FGM)
Figura 15: Seleção de cor final apos duas sessões e 7 dias após a última sessão
Figura 15: Seleção de cor final após duas sessões e 7 dias após a última sessão
Figura 16: Aspecto intra-bucal após o término do clareamento
Figura 16: Aspecto intra-bucal após o término do clareamento
Figura 17: Visão aproximada dos incisivo centrais apos clareamento, remoção de excessos de resinas e polimento final, observar detalhes estéticos como textura, translucidez, opalescência e halo branco incisal nos incisivos centrais
Figura 17: Visão aproximada dos incisivos centrais após clareamento, remoção de excessos de resinas e polimento final, observar detalhes estéticos como textura, translucidez, opalescência e halo branco incisal nos incisivos centrais
Figura 18: Vista frontal do sorriso após clareamento
Figura 18: Vista frontal do sorriso após clareamento
Figura 19: Antes e Depois
Figura 19: Antes e Depois

Resumo

Treinamento online e gratuito

Posts mais recentes

Email
LinkedIn
Telegram
Facebook
Treinamento online e gratuito

Outros artigos do blog

plugins premium WordPress

Selecione seu idioma

Select your language